Imprensa

Mostra Internacional de Cutelaria

ASSESSORIA DE IMPRENSA

RALCOH

Contato: Gisele Araújo

gisele@ralcoh.com.br

Em maio, São Paulo recebe a 5ª edição da Mostra Internacional de Cutelaria

Aberto ao público, evento reúne os principais nomes da fabricação de facas, espadas e todos os tipos de lâminas no Brasil e traz expoentes internacionais para apresentar o melhor do universo da cutelaria. Os visitantes poderão se inscrever para participar de atrações como: demonstração de forja de lâminas, workshop de defesa com lâminas e uma competição de corte.

Consideradas um utensílio essencial para a evolução do ser humano e transformação da sociedade, as facas estão presentes em diversas situações do nosso dia a dia. A arte milenar da cutelaria – confecção de instrumentos de corte, reconhecida como uma das mais antigas expressões artísticas praticadas pelo homem – permitiu a criação de instrumentos de corte em variados materiais e formatos, que atendem a inúmeros propósitos, desde a sobrevivência até a gastronomia.

Com o intuito de apresentar e disseminar a tradição e história em torno dessa arte, acontecerá a V Mostra Internacional de Cutelaria, nos dias 20 e 21 de maio no Centro de Exposições Frei Caneca, em São Paulo.

No evento, renomados artesãos nacionais e internacionais se reunirão para apresentar seus principais trabalhos, os quais também poderão ser comercializados, assim como trocar experiências sobre diferentes técnicas nas atividades e palestras programadas para os dois dias da feira. Entre as principais atrações, destaque para as demonstrações de forja e os workshops de defesa pessoal e utilização de lâminas, dos quais todos os visitantes poderão participar mediante inscrição prévia no site da organização do evento.

Nesta edição está confirmada a participação de importantes nomes do cenário nacional da cutelaria artesanal e industrial como Ricardo Villar e Dionatam Franco, além dos seguintes mestres cuteleiros internacionais: Andrew Meers, americano,

atualmente artista residente do Centro de Artesanato Appalachian; e Zaza Revishvili, georgiano erradicado nos EUA, especialista na confecção de facas, joias e outros itens de arte para a realeza e elite mundial – algumas de suas obras fazem parte do acervo permanente do Kremlim Armory, em Moscou.

Segundo Roger Glasser, organizador da Mostra Internacional de Cutelaria, os brasileiros estão cada vez mais interessados pelo universo da cutelaria e aprendendo a diferenciar, entre os diversos tipos de facas, as mais indicadas para cada necessidade. ‘”Temos muitas questões culturais e artísticas por trás da história de cada tipo de faca, mas, além disso, os materiais, design e a maneira como são fabricadas são determinantes para sua indicação de uso, visando o melhor proveito e eficiência”, explica, atentando para o fato de que o Brasil tem uma das mais proeminentes indústrias cuteleiras do mundo.

Aberto ao público, o evento proporciona também a troca de experiências entre artistas e visitantes, que poderão desfrutar de um intercâmbio de culturas e histórias relacionadas a este rico universo.

Sobre Roger Glasser

Desde 2007 no mercado de cutelaria, filiado a American Bladesmith Society, mestre pela Corporazione Italiana Coltellinai, diretor da Escola Brasileira de Cutelaria, consultor de cutelaria e organizador da Mostra Internacional de Cutelaria.

Serviço

V Mostra Internacional de Cutelaria

Data: 20 e 21 de maio de 2017

Horário: Das 10h00 às 19h00

Entrada: R$ 10,00 (Crianças de até 8 anos não pagam)

Local: Centro de Exposições Frei Caneca

Rua Frei Caneca, 569 – São Paulo (SP)